22 de fev de 2010

Devocional.



Como suspira a corça pelas correntes das águas, assim, por ti, ó Deus, suspire a minha alma.

Salmos 42:1

Conta-se que quando Davi escreveu este salmo ele estava escondido numa caverna fugindo do Rei Saul, e ali escondido, ele podia observar esta gazela que vinha do deserto do Negeve e cansada, suspirava por água, e ofegante a ponto talvez de desmaiar podia se ouvir de longe este ofegar. Davi trás para si esta experiência dizendo assim também te desejo, que o meu coração ofegante procura por Deus.

Se continuamos com o texto, vamos ver que Davi se pergunta por que esta abatida a minha alma, por que te pertubas dentro de mim? Mas ele faz uma escolha, “Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele meu auxílio e Deus meu.

Neste Salmo não vemos as circunstâncias sendo o alvo da sua discussão, mas a solução estava na escolha que Ele fez: Esperar em Deus, colocar a sua confiança num Deus que nunca muda o seu cáracter. Creio que é assim comigo também, passo por momentos difíceis, mas a melhor escolha é. Espera em Deus ó minha alma.

Façamos sempre esta escolha.
Deus te dê uma boa semana
Jefferson Cordeiro.

Um comentário:

Súzany Cordeiro disse...

Gostei muito desta devocional,que Deus continue-os abençoando,estamos orando por vocês.